ALMAS GÊMEAS

 

 

 

 

Não há cirurgias capazes de mudar o nosso caráter agora, neste instante, nem nunca. É necessário trabalhar consciente de que mudando nossas atitudes alcançaremos um novo patamar evolutivo e, aí sim, seremos diferentes do que somos hoje. Só então poderemos nos comparar ao que éramos. Esta comparação pode ser feita sem ferir a ninguém e sem ferir a nós mesmos.

Almas gêmeas podem ter afinidades, porém, podem estar em diferentes patamares evolutivos; se completam, se amam, mas vivem momentos diferentes de suas vidas. Com muito amor e respeito podem conviver em perfeita harmonia.

Não é necessário que duas pessoas estejam vivendo em graus evolutivos idênticos para se afinarem. Não é necessário compartilhar as mesmas idéias, porém é necessário que tenham afinidades pelas mesmas áreas de conhecimento. Não faz diferença, não há estorvos ou dificuldades para um bom e harmonioso relacionamento. Não há concorrência, não há disputas de egos.

Almas gêmeas, dois seres que estão no mesmo caminho, cada qual em sua própria estação; se ajudam, se completam, formam uma corrente poderosa em favor da humanidade, pois compartilham sentimentos nobres, faces diversas do amor universal.

O mundo caminha para o aperfeiçoamento em todas as áreas do conhecimento humano. A terra cresce em sua escalada espiritual e carrega em sua superfície, bem como em toda a sua área de influência, seres dos mais diversos matizes, almas gêmeas planetárias.

Esse conjunto de almas da escola Terra cresce se ajudando uns aos outros por diversos processos de aprendizagem, uns mais explícitos, outros mais sutis. Irmãos na dimensão maior, inimigos na superfície do ego.

Ao final do período letivo, todos confraternizarão pelos avanços alcançados. Todos, de todas as turmas, dos iniciantes aos pós-graduados.

Irmão, expressão que, quando compreendida por todos, dissolverá todos os mistérios.

Para que todos alcancem esse nível de compreensão, faz-se necessário que os despertos difundam seus conhecimentos. Demonstrem através da solidariedade e do amor fraterno que essa ligação é verdadeira em seus corações. A troca de informações e de experiências é importante para o avanço dessa consciência. Tudo se amplia na medida em que o conhecimento é compartilhado. O que se guarda no cofre, perde-se de vista, perde-se no tempo, é esquecido, não soma.

O conhecimento dos homens não pertence só a eles, pertence a toda a humanidade, pois é reflexo da experiência que todos fazem e fizeram no passado.

O que se aprende no presente é o que chega agora à consciência, mas é uma verdade que sempre esteve guardada na Terra e nos homens.

Na natureza nada se cria, tudo se transforma, enunciou Lavoisier.

Trazer um conhecimento à Luz é transpô-lo de um nível inconsciente para o nível consciente. O homem recria o que Deus já criou.

A evolução humana é um constante recriar em novas circunstâncias, novas oportunidades de aprendizado. O caminho levará, no seu final, ao começo. Portanto, o que importa é estar no caminho; o mal significa estar parado, estacionado na sombra, revirando o lixo de ontem.

Olhos para frente e disposição para caminhar e o resultado será muita alegria, muito contentamento.

Hoje é sempre um dia para comemorar.

 

Resultado de imagem para adilson maestri

Adilson Maestri é um Engenheiro Civil e escritor catarinense. Kardecista praticante, ele atua regularmente como terapeuta, palestrante e membro da equipe filosófica do Núcleo Espírita Nosso Lar – NENL, em São José/SC.

Mantem na internet um blog que pode ser acessado pelo link:

TRANSFORMAÇÃO

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *