A APURAÇÃO DAS ELEIÇÕES NO PRIMEIRO TURNO

SAIBA  COMO  AGIR  EM  CASO  DE  FRAUDE  NAS  URNAS  ELETRÔNICAS  NESTE  SEGUNDO  TURNO

 

 

É inteiramente discutível que o Primeiro Turno das Eleições 2018 tenha de fato sido inteiramente democrático e liso e que precisemos acatar suas decisões “soberanas” como aconselha um Manifesto que circula pelas redes sociais que seria tomado como de imenso equilíbrio, caso vivêssemos uma situação de normalidade ética democrática e não a “guerra” de ódio desleal e totalmente apoiada em jogo baixo e vil sustentada pela turma que pretende se perpetuar no Poder a literalmente qualquer custo – e nunca é demais relembrar os sangrentos e desumanos episódios a que fomos submetidos ao longo deste processo eleitoral, com explicações sempre canhestras, mentirosas e insustentáveis dos comunicados oficiais, para nem mencionar os demais tenebrosos episódios ocorridos no fatídico período de permanência dessa corja maldita no Poder -, o qual nos induz a seguir em frente na luta aconselhando alguns passos de extremo bom senso que poderão nos ajudar a ter uma caminhada mais pacífica e bem sucedida até ao desenlace final, em 28 de outubro vindouro, do embate presidencial entre os petistas, representados pelo “poste” Haddad, e seus eventuais aliados de conveniência, e todos aqueles que querem se libertar do jugo dessa corja de bandidos que vem nos escravizando por longos anos, aqui representados pela figura de Jair Messias Bolsonaro.

Embora concordemos integralmente com as sugestões apresentadas pelo Manifesto para ajudar aos que buscam apoiar 17 Bolsonaro, preceitos esses que enfatizam a necessidade de não brigar nem revidar as provocações de petistas, de não criticar os demais eventuais candidatos não-esquerdistas e eventuais aliados que não foram apurados para o segundo turno, de não criticar os nordestinos e de procurar tentar convencer os eventuais indecisos ou candidatos órfãos desses candidatos, ou até aqueles eleitores que não votaram em Bolsonaro com perfil de rejeição forte ao PT e também de continuar demonstrando a todos que um eventual retorno petista ao Poder seria catastrófico para o país, precisamos no entanto ressalvar que tais decisões “democráticas e soberanas” das urnas, como alegado pelo Manifesto, são bastante discutíveis, para dizermos o mínimo.

De fato, além da constatação de que inacreditáveis 964 urnas foram retiradas por “supostas” irregularidades (para adotarmos a terminologia oficial) conforme comunicado do próprio TSE, que, curiosamente se recusa a permitir uma auditagem SÉRIA dessas urnas, além das milhares de denúncias pipocando em todo o território nacional de flagrante irregularidade de muitas das restantes urnas – que, curiosamente só prejudicavam Jair Bolsonaro (Eita, urnas inteligentes essas, prováveis protótipos de Inteligência Artificial futurística e petista,  Made in Venezuela!), constrangedoramente contestadas pelo pífio desmentido oficial de costume e além do suspeitíssimo resultado que impediu a eleição de Bolsonaro ainda neste Primeiro Turno, tendo em vista os escassos 4 pontos porcentuais que lhe faltaram para ser enfaixado, sobretudo devido à suposta votação a ele desfavorável no Nordeste sob o argumento de se tratar de tradicional reduto petista – algo prontamente desmentido pela revelação de que Bolsonaro tinha ganho em boa parte das maiores cidades nordestinas (aquelas com mais de 50 mil habitantes) e na maioria das capitais e que perdera nos interiores do Nordeste, tudo nos leva a acreditar, MAIS UMA VEZ, numa conjunção maléfica de fatores incrivelmente sincronizados e inteligentemente coordenados com um objetivo determinado e sempre o mesmo: impedir que barremos os planos totalitaristas dos petistas/bolivarianistas. Se lembrarmos que, por ocasião da reeleição de Dilma Rousseff pipocaram também as denúncias  de que as urnas eletrônicas tinham sido fraudadas sobretudo nos confins da Região amazônica e do sertão nordestino – regiões de difícil acessibilidade de controle e fiscalização quase impossível – e perante as demais evidências aqui apontadas, não é nem um pouco descabido levantarmos a suspeita de que a História possa se ter repetido, neste Primeiro Turno e que contrariam a hipóteses que alguns levantam de Teorias de Conspiração. São tremendamente realistas e repetitivas tais “teorias, em todos os rincões do planeta, para continuarmos apenas acreditando que sejam invencionices. Aliás, é notável e inteiramente monótona  a repetição enfadonha dos mesmo processos macabros de acesso e de manutenção do Poder onde quer que essa corja vermelha tenha acesso. Seja na China de Mao, na URSS de Stalin, na Albânia de Enver Hoxha, na Cuba de Fidel Castro, na oligarquia tenebrosa dos Jong, e agora na Nicarágua de Ortega e na Venezuela de Chavez/Maduro. E os processos e resultados maléficos do Terror vermelho são sempre os mesmos!

O que nos leva a questionar o tal respeito “à democracia e à soberania” dessas urnas. Belas palavras, sem dúvida, mas que não me parece que devam ser aplicadas na conjuntura que vivemos. Já que o fato de simplesmente acatarmos tal conselho, MAIS UMA VEZ, possa ter como conseqüência maior, apenas que nosso país continue a ser surrupiado indeterminadamente – ante a nossa apatia ou eventual boa fé – por essa gangue inescrupulosa e maléfica e vejamos o futuro de nossos netos definitivamente comprometido e, tudo isso, às custas de nossa inteira desgraça sob o jugo fascista e totalitarista dos Comunistas,

Por isso, embora concordemos integralmente com as sugestões apresentadas, PARALELAMENTE, sugerimos a todos medidas cautelares de EXTREMA  necessidade para o Segundo Turno, sob risco de vermos mais uma vez fraudados nossos mais do que justos anseios de Libertação desse jugo criminoso.

Como a imensa maioria de nós, cidadãos sãos e conscientes que lutam por um Brasil livre da pestilência fascista e totalitarista petista/comunista, não têm como fiscalizar a isenção de todas as urnas espalhadas pela imensidão inacessível de boa parte do território pátrio, precisando para tal confiar na eficácia e inteligência das forças legalistas que apóiam Bolsonaro,  e, tendo em vista tantas e tamanhas evidências e as mais do que naturais e fundadas suspeitas de eventuais fraudes, ainda mais que sabemos sobejamente com que tipo de seres humanos estamos de fato lidando, peço que TODOS visualizem e compartilhem ao máximo o vídeo acima, divulgado pela equipe de apoio de Jair Bolsonaro.

É a parte que nos compete nessa luta!

 

Seguem abaixo os links para contato em caso de suspeita de FRAUDE no Segundo Turno:

 

[email protected]

 

https://www.fiscaisdojair.com.br/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *