DISCO DO MÊS DE OUTUBRO 2018

ELVIS COSTELLO & THE IMPOSTERS  –  “Look Now”

 

 

 

Elvis Costello, nome artístico do londrino Declan Patrick Aloysius MacManus é um cantor, compositor e músico britânico. Ele teve participação nos primórdios do cenário pub rock  britânico no meio dos anos 70, e mais tarde foi associado aos estilos de punk rock e new wave antes de se estabilizar como uma voz única e original nos anos 80. O seu alcance musical é impressionantemente amplo. Certo crítico escreveu que “Costello, a enciclopédia do pop, pode inventar o passado sob sua própria imagem”.

Em 1996 ele colaborou com Burt Bacharach em uma canção belíssima chamada “God Give Me Strength” para o filme ‘’Grace Of My Heart’’. Esta colaboração levou a dupla a compor e gravar um álbum juntos, Painted From Memory, lançado em 1998 e que logo se tornou o maior êxito de sua versátil carreira musical.

Em 1999 foi convidado a cantar a música “She” de Charles Aznavour para o filme “um Lugar Chamado Notting Hill”,

Em março de 2003, Elvis Costello & The Attractions foram incluídos no Hall da Fama do Rock and Roll. Nesse mesmo ano ocorreu seu casamento com a cantora de jazz canadense Diana Krall . Em 2004 a canção “Scarlet Tide” (co-escrita por Costello e T-Bone Burnett e usada no filme ‘’Cold Mountain’’) foi indicada ao Oscar.

Com um histórico musical tão vitorioso, o lançamento de um disco de Elvis Costello é sempre um acontecimento.

E “Look Now”, não decepcionará seus fãs. Contando com 12 faixas, o álbum é lindo em toda sua simplicidade, refletindo em sua visão lírica e cercado por melodias que têm um tom celestial.

A maioria das músicas foi escrita exclusivamente por Elvis Costello, embora “Don’t Look Now”, “Photographs Can Lie” e “He Given Me Things” tenham a coautoria de Burt Bacharach, que faz uma participação especial, ao piano, nas duas primeiras faixas, enquanto “Burnt Sugar Is So Bitter” foi composta pela diva, Carole King.

Outros destaques são “Suspect My Tears”, “Unwanted Number” e “Under Lime”.

Vale a pena conhecer o novo trabalho desse excêntrico camaleão do pop/rock.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *