O TAOÍSMO – 15 Regras espirituais de Lao-Tsé para levar uma vida feliz

 

 

Lao-Tsé foi o filósofo chinês que escreveu a principal obra do Taoismo, O Livro do Caminho Perfeito (Tao Te Ching), datada do século VI a.C. Para ele, Deus está em tudo que existe e a natureza deve ser reverenciada com tal.

O fundador do taoismo filosófico era um homem de grande sabedoria e deixou um forte e inspirador legado de ideias para uma vida cheia de paz e propósito. Ideias que ainda se adequam aos dias de hoje, mesmo passados tantos séculos.

Para quem quer conhecer um pouco mais sobre a obra deste sábio da antiguidade, organizamos algumas das suas mais importantes mensagens:

Faça a faxina interior

 

Para ganhar conhecimento, adicione coisas todos os dias. Para ganhar sabedoria, elimine coisas todos os dias. Lao-Tsé

 

Para começar, falemos do que você está fazendo neste exato momento enquanto lê estas palavras. Aprender algo novo todos os dias é fundamental para manter a mente ativa e evoluir enquanto ser humano. Mas também não devemos acumular informações inúteis e, assim, deixar de lado o que não é importante é fundamental para manter a mente saudável.

Aceitação

“A vida é uma série de mudanças naturais e espontâneas. Não resista a elas – isso só gera tristeza. Deixe a realidade ser realidade. Deixe as coisas fluírem naturalmente pelo caminho que elas seguirem.”

Lao- Tsé

Remar contra a maré só vai deixar você exausto. Você só tem efetivamente poder sobre as suas próprias ações. O resto é o resto e não vale a pena sofrer demais pelo que não se pode mudar. Ao aceitar a inevitabilidade da vida, a levamos com mais leveza e alegria.

O único jeito!

Uma longa viagem de mil milhas inicia-se com o movimento de um pé. Lao Tsé

O segredo para se atingir qualquer meta na vida é muito simples: para se chegar em qualquer lugar, você tem que dar o primeiro passo. Mas também deve saber dar continuidade, não importa a distância, cada passo até ao destino é relevante.

Quatro Virtudes Cardinais

Lao Tse definiu que, para se viver no fluxo do Universo e em harmonia com o seu verdadeiro eu, é importante se praticar As Quatro Virtudes Cardinais, levando assim uma vida virtuosa. São elas:

1. Reverenciar a vida

Nada é impossível a quem pratica a contemplação. Com ela, tornamo-nos senhores do mundo. Lao-Tsé

A primeira virtude cardinal diz que se deve reverenciar e amar todas as formas de vida, a começar por nós próprios. Amando a nós mesmos podemos fazer com que esse amor cresça e atinja todas as outras formas de vida.

“A natureza não é benévola, e é com determinada indiferença que de tudo se vale para os seus fins.”

Lao-Tsé

Neste mundo, dependemos de outras formas de vida para a nossa própria sobrevivência e é por isso que devemos tratá-la com respeito e gratidão. Para a doutrina taoista, tudo está conectado e ao tratar com bondade o planeta, recebemos o mesmo de volta.

2. Sinceridade

“Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.”

Lao-Tsé

Ser verdadeiro consigo mesmo, reconhecer as suas forças e fraquezas e agir sempre com honestidade. Parece simples, mas não é.

As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras. Lao-Tsé

Praticar a sinceridade na sociedade em que vivemos é um grande desafio. O importante é conseguir primeiro ser honesto consigo mesmo antes de praticá-la com os outros. Assim, conseguimos nos manter autênticos.

3. Gentileza

A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor. Lao-Tsé

A gentileza tem um poder enorme de transformação. Dela nasce a bondade e da bondade nasce o amor. Ao ser gentil com todas as formas de vida, abdicamos de nossos desejos egoístas e agimos com amor.

“Aquele que não tem confiança nos outros, não lhes pode ganhar a confiança.”

Lao-Tsé

A prática da gentileza aguça a empatia e diminui a vontade de estar certo. Torna-se mais importante perceber as necessidades dos outros do que ganhar uma discussão. Há quem confunda ser gentil com ser fraco, mas este tipo de pensamento surge de quem leva uma vida guiada pelo ego.

4. Amparo

Quando a obra dos melhores chefes fica concluída, o povo diz: fomos nós que a fizemos. Lao-Tsé

A última das Virtudes Cardinais diz que devemos ajudar uns aos outros. Estender a mão sem pensar no que podemos receber em troca. Desta maneira, recebemos muito mais do que poderíamos imaginar.

“Trate aqueles que são bons com a bondade e trate também aqueles que não são bons com bondade. Assim, o bem é alcançado. Seja honesto com aqueles que são honestos e seja honesto com aqueles que não são honestos. Assim, a honestidade é alcançada.”

Lao-Tsé

Pela doutrina escrita por Lao-Tsé, tudo está interligado e a Lei do Karma é recorrente. Portanto, trate o mundo como gostaria de ser tratado e é assim que será retribuído. Ao oferecer suporte aos demais, você também será apoiado.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *