Retalhos a Granel de Paulo Monteiro, Parte 09: “Tempo de Celebrar”

 

 

 

É tempo de celebrar! Porque vivemos cada dia e a cada dia devemos celebrar as pequenas e grandes vitórias e celebrar acima de tudo o imenso privilégio de estarmos assistindo a cada Sol que renasce em nosso horizonte. E, com chuva ou sem ela, sempre haverá a promessa de um Sol a brilhar no horizonte, indiscriminadamente, para todos nós. Dádiva do Criador!

Mas, antes de celebrar, é tempo de ponderar! É tempo de apontar o lápis! É tempo de refletir sobre escolhas! É tempo de escolher, pessoal e coletivamente, que trilhos nós desejamos de fato calcorrear! Para que as pedras no nosso caminho não impeçam nosso caminhar e os escolhos que possam surgir, daqui em diante, sejam mais facilmente identificados, não nos firam tanto e sejam transpostos com menos dificuldades.

É tempo de ponderar que o grande problema do nosso país não é o Lula, nem o Temer, nem o Aécio, nem a Dilma, nem o Sarney, nem mesmo o Collor. O grande problema do nosso país não é a Corrupção que nos corrói as entranhas. Nem a Impunidade. Nem mesmo a indecência do Foro Privilegiado. O grande problema do nosso país não são sequer os principais partidos políticos do país, todos eles oportunistas, de base esquerdista e com um único objetivo: tomar o Poder no país para enriquecer os próprios bolsos e os bolsos de uma elite privilegiada e ferozmente egoísta que explora o atraso e a miséria da Nação. Todos eles são decorrência de uma Matriz maior. O grande, o maior problema é que todos esses males acima mencionados, o nível vergonhoso dos nossos políticos, a corrupção escandalosa e descarada, a deturpação de conceitos e a grotesca inversão de valores que temos assistido com profunda indignação, todos esses males são ocasionados por um MAL maior: o ESQUERDISMO deturpado e com objetivos escusos, que foi deliberadamente plantado na mentalidade das pessoas nos últimos 40 anos e que hoje contamina e incendeia as nossas Universidades e, por extensão, deforma a formação da nossa juventude, domina grande parte da Mídia (Jornais, Revistas e TVs) manipulando as idéias da população brasileira e é propagada e defendida pela vaidade e pelo narcisismo da Classe Artística e da assim dita Intelectualidade nacional.

Não se iluda quanto a isso. O grande MAL que atravanca o progresso do nosso país é o ESQUERDISMO. E, repito, eu digo ESQUERDISMO. Seja ele do PT, do PSOL, do PMDB, do PSD, ou do PCdoB. Não a essência das ideias esquerdistas como um todo. Algumas – ou muitas delas – são perfeitamente passíveis de discussão. O grande câncer que corrói o Brasil são as Ideias socialistas que foram plantadas profundamente no inconsciente da nossa nação, seguindo um planejamento metódico e obsessivo idealizado pela cartilha comunista de Antonio Gramsci, o Gênio do Mal, com um único objetivo maior: tomar o Poder e instalar a ditadura Comunista no país. Porque foi com esse único objetivo que essas ideias dissimuladas foram plantadas. Não imagine nem por um segundo sequer que as mentes inescrupulosas que as disseminaram tenham um milímetro sequer do idealismo, que provavelmente povoa a sua imaginação. Desperte dessa fantasia, ela é só sua! E você está sendo manipulado, exclusivamente em nome de um projeto de Poder e tirania de interesses diversos e de terceiros, mas que não tem absolutamente nada a ver com o seu idealismo, com a defesa do social ou com a justiça e igualdade que “eles” tentam lhe vender. Quem sabe alguns deles até já tenham sido iludidos também e queiram apenas passar adiante um sonho que até existe na cabeça de todos nós, mas que na real serve apenas para levar adiante os interesses escusos de entidades, cérebros e organizações calculistas e perversas.

Porque, a grande verdade é que você, que se diz esquerdista, vem sendo iludido, através de Ideias venenosas, embrulhadas deliberadamente com o celofane atraente do justo e do correto. Ideias que, infelizmente, seduziram a mente de muita gente que pode ter sido bem intencionada, mas, que hoje orgulhosamente se recusa a admitir que o nosso trem comum – esse mesmo veículo acolhedor, de tantos e tão coloridos vagões, que um dia foi alegre e esperançoso e que carrega a todos nós, brasileiros – descarrilou violentamente e desviou o país dos trilhos do progresso e da evolução, da mesmíssima forma que está acontecendo na Venezuela, na Bolívia, em Cuba e na Coreia do Norte. E que aconteceu, também, na antiga União Soviética, na China maoísta e na Índia de Nehru, com imenso sofrimento para a população daqueles países, mas que serviu para que – cada qual à sua própria maneira – todos eles repensassem suas escolhas com resultados amplamente mais benéficos para si próprios.  E que acontecerá em qualquer parte do mundo onde tais ideias sirvam na verdade para iludir as massas – e “massa” somos todos nós que estamos à margem das engrenagens de Poder, não os “outros”, como muitos podem imaginar – e encobrir interesses totalitários. que de tais ideias se aproveitam.

Porque, na verdade, como foi falado pelo próprio Lênin, um dos idealizadores do Comunismo, “O objetivo final do Socialismo é o Comunismo”. E o resultado será sempre esse filme funesto de horror e desgraça, hoje mais burilado e retocado, mas que já foi rodado em vários palcos do mundo e que hoje – depois de termos pago um preço tão elevado, nunca é demais enfatizar – todos nós reconhecemos. Porque o Socialismo Comunista é mil vezes pior do que o Socialismo Nazista. O Partido Nazista – Partido Nacional Socialista, como eles próprios se denominavam – Alemão nasceu das idéias marxistas. São irmãos gêmeos. Suas eventuais diferenças ocorreram por rivalidades e disputas de Poder, porque ideologicamente ambos bebem da mesma fonte de tirania, fascismo e aversão à Liberdade e à Democracia.

Por isso, nós brasileiros conscientes, fazemos um apelo a você, cidadão idealista e patriota que por algum motivo aderiu inadvertidamente a esse projeto maléfico de tirania e dominação, mas que não deseja um futuro nebuloso e tirânico a seus e a nossos netos, que pondere e analise com mais profundidade as suas escolhas. Com a razão e com o coração. Porque, cabe a você e a todos nós em conjunto reconduzirmos a nação brasileira aos trilhos hoje perdidos da Ordem e do Progresso. E a mais ninguém. Não se iluda: não haverá nenhum Salvador da Pátria, muito menos poderá existir algum Estado ou Governo, seja ele de “direita”, de “esquerda”, de “centro”, ou de qualquer coloração que venham a inventar, que possa fazer aquilo que é obrigação de todos nós. Construir o país que sonhamos! Essa é a parte que nos toca nesse imenso latifúndio chamado Brasil!

Quer se aprofundar sobre o assunto? Leia “A Ideologia das Trevas”, um lançamento da Chiado Editora, em breve em várias plataformas de vendas do país.

 

Resultado de imagem para os três juizes do TRF 4

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *