Entries by Paulo Monteiro

,

PAPAI NOEL CULTS 2020

  “Cosmo”  –  Cícero     O carioca Cícero Rosa Lins extraiu beleza da solidão antes de estarmos aqui trancados, sem muitos abraços ou outros afetos físicos. É o que ouvimos em Cosmo, seu quinto álbum, no qual retorna às raízes da criação solitária. O trabalho é fruto de uma temporada de dois anos em […]

,

O “Novo Normal”

O “Novo Normal” é de fato algo assustador. Jamais pensei que o Fascismo seria tão facilmente justificado em pleno século XXI em praticamente todos os países ocidentais, como em efeito cascata, sobre a premissa de controle social e saúde coletiva. Companhias aéreas já estão compelindo passageiros a tomar a vacina contra Covid. Ceias de Natal […]

,

Ulrika Spacek, Spun Out & Choux

  Ulrika Spacek : “Suggestive Listening”   Ulrika Spacek é um grupo londrino de cinco elementos que mantêm uma certa aura de mistério em torno do grupo, mas seu som que pode ser descrito como uma mistura entre Yo la Tengo, Pavement e o Velvet Underground é um dos mais estimulantes que é feito atualmente […]

PARADA MUSICAL DE NOVEMBRO 2020 DO CULTS E RARIDADES

A Parada Musical do Cults & Raridades é uma colaboração entre Paulo Monteiro , Eder Machado   e os integrantes do Indie Clube de Manaus   01  –  “To Laugh”  –  Single Lash     02  –  “Get Famous”  –  The Mountain Goats 03  –  “I know what you’re thinking and it’s awful”  –  The Dears 04  –  “Such […]

,

“Não é Doce” – Olívia de Amores

  Um dos nomes mais interessantes da cena amazonense, a cantora e compositora Olívia de Amores entrega ao público o primeiro álbum em carreira solo: Não É Doce (2020). Com produção assinada em parceria com Bruno Prestes, e masterização de Steve Fallone, vencedor do Grammy que já trabalhou ao lado de nomes como The Strokes e Kacey […]

,

A CULTURA DO MEDO

A exposição crescente da criminalidade através da mídia cria um sentimento de insegurança irreal, sem qualquer fundamento racional.     Na realidade, o principal objetivo da mídia é chamar a atenção do público e obter lucro. Assim, a mídia passa a utilizar expedientes sensacionalistas com fatos negativos como crimes, catástrofes e pandemias, disseminando um sentimento […]

,

MANO DEGAS É A PANDEMIA

  Galera, Mano Degas tá de volta pra comunicar procês que num tá mortinho da silva não, tá bem confinado na caverna batendo uns pife com a nega dele, a Zulmira e com a Delmira nossa guria, tudo vivendo do Bolsa Auxílio que o capitão flibusteiro foi obrigado a dar pros necessitado dessa bendita pandemia […]

,

VERGONHA ALHEIA!

  Para quase toda a grande mídia brasileira, a culpa, por tudo e por nada, é sempre do Bolsonaro. Agora, ele está sendo crucificado, flagelado, por se haver manifestado em apoio a Trump na eleição norte-americana, rompendo o que seria a elegante tradição do Itamarati de não se envolver em processos eleitorais de nações amigas. […]