Really From“Really From”  –  Really From

 

Really From é uma banda americana de Boston, Massachusetts, composta pelo cantor e guitarrista Chris Lee-Rodriguez, pelo baterista Sander Bryce e posteriormente tiveram a junção da vocalista e tecladista Michi Tassey e do trompetista Matt Hull. Todos graduados pelo Berklee College of Music.. Eles iniciaram carreira em 2014  com o nome de People Like You, mas, por razões de ordem legal tiveram que mudar o nome para Really From.

E é sob tal denominação que eles lançaram no primeiro semestre de 2021 seu primeiro CD, homônimo.

O som deles pode ser descrito como uma curiosa mistura de jazz, indie pop, emo, e math rock ; contudo eles classificam seu som como sendo “indie jazz”, algo como jazz alternativo.

E é através da fusão desse coquetel musical que o quarteto explora as complicações identitárias que o mundo atravessa ao mesmo tempo em que transpõe e até desmantela paradigmas musicais dos estilos que abarca. Um trabalho sensacional que merece ser curtido pelos apreciadores de música inventiva.

 

Escute    AQUI     o  álbum  “Really From”  com  o  Really From

 

 

 

“Silver Synthetic”  – Silver Synthetic

 

“Silver Synthetic” é o álbum de estreia da banda homônima de “psych-rock” procedente de New Orleans (EUA).

A banda é formada inteiramente por membros ultra talentosos, veteranos de outros grupamentos e formou-se numa loja de discos de New Orleans.

Misturando influências que vão de Beachwood Sparks , em “Around the Bend” a Tom Petty em “Out of darkness”    a banda se faz valer de sua vasta experiência para nos trazer um álbum de vocais harmoniosos agradabilíssimo de ser escutado, à maneira da velha escola de rock

 

Escute   AQUI    o  álbum  “Silver Synthetic”  com o grupo Silver Synthetic

 

 

 

 

Kingdom Of Oblivion“Kingdom of Oblivion”  –  Motorpsycho

 

O Motorpsycho é uma banda norueguesa composta por Bent Sæther, Hans Magnus “Snah” Ryan e Tomas Järmyr. E tocam uma hard rock bastante inventivo mixando elementos de jazz alternativo, pop, post-rock, rock progressivo e até country num coquetel muito agradável de ser escutado. Vale a pena conhecer o som do grupo através de seu novo trabalho, esse “Kingdom of Oblivion”

 

 

 

 

“Earth is a Black Hole”  –  Teenage Wrist

 

O mundo pode parecer um pouco estranho atualmente, mas se não for por outra razão é para que se entenda que ser humano é uma experiência compartilhada. É esse o sentimento que perpassa pelo álbum “Earth is a black hole” do duo angeleno conhecido como Teenage Wrist e composto por Marshall Gallagher nos vocais e guitarra e Anthony Salazar na bateria, que acabaram de lançar esse que é seu segundo trabalho, recapturando o alt-rock dos anos 90 e se sucede ao inicial “Chrome neon Jesus” de 2018, com seu coquetel ainda mais explosivo de shoegaze, emo e grunge rock, agora numa levada mais pop, que pode ser facilmente percebida em faixas como “Silverspoon” e “Yellowbelly” e introduziram sintetizadores e drum machines em algumas das músicas, fazendo com que o grupo ingresse numa fase muito mais interessante de sua carreira.

.

 

.Escute   AQUI    o  álbum  “Earth is a black hole”   com  o  Teenage Wrist