“Painless”  –  Nilüfer Yanya

 

Tendo sangue irlandês e barbadiano por parte de mãe e turco por parte de pai, a inglesinha de Chelsea/Londres (UK) cresceu num ambiente musical desde a mais tenra indade, escutando música turca e música clássica. De lá, ela passou para o rock e aos 12 anos já sabia tocar guitarra.

Yanya performing at Turning Tides Festival, 2019Após ter iniciado a carreira solo em 2016, lançando sucessivamente 03 EP’s, ela debutou com seu primeiro álbum de estúdio, “Miss Universe”, em 2019, que recebeu aclamação de toda a crítica especializada, rendeu-lhe tours com gente do naipe de Sharon Van Etten, Mitski e The XX,  e chega agora a esse “Painless” rapidamente superando metas, com suas composições pop, de influência jazzística.

O tempo não pode curar as feridas que você opta por manter abertas: “Não me agrada estar vivenciando aqueles períodos em que não sinta deveras o sofrimento, o sangue e os ossos pulsando sob a minha pele”, canta ela em “Midnight Sun”, uma das muitas letras inquietantes sobre o tema, “Painless” = Indolor.

Outros destaques são “The Dealer”, “L/R”, “Shameless”, “Chase me” e “The Mystic”

Um disco marcante que merece ser conhecido por quem aprecia a boa música.

 

 

Escute    AQUI       “Painless”     com    Nilüfer Yanya