Philip Wells Woods, conhecido por qualquer apreciador de jazz como Phil Woods, foi um saxofonista americano ligado ao estilo conhecido como “bebop” – o mesmo estilo que celebrizou  Miles Davis, Charlie Parker e Dizzy Gillespie ( que foi padrinho musical dele) , entre tantos outros -, além de clarinetista, “bandleader” e  compositor.

Foi  parceiro  de todos  os maiores  nomes  do  Jazz,  como Bill Evans, Billie Holiday, Michel Legrand, Charlie Parker, Thelonious Monk e Dizzy Gillespie.

Um verdadeiro Gigante do Jazz, muitas  vezes  comparado ao monumento jazzístico que foi Charlie “Yardbird” Parker , teve 07 nomeações para o Grammy, e ganhou 04.

Nos últimos anos em que atuou, sua música  tonou-se mais delicada e emocional, embora raramente tenha apelado ou feito concessões para o comercialismo do pop. Uma das personalidades mais marcantes do jazz, Phil Woods sempre ofereceu aos seus fiéis ouvintes uma lição de vitalidade do jazz contemporâneo.

Em seu último show, em Setembro, tocou acompanhado por membros da Sinfônica de Pittsburgh  e  com  um tanque  de  oxigênio  no  palco. Faleceu em 29 de Setembro de enfisema pulmonar, na Pensilvânia,  deixando  o mundo  do  Jazz  órfão de uma de  suas mais  brilhantes  estrelas.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *