O fantástico diretor alemão,  Fritz Lang ( dos clássicos Metropolis, Dr. Mabuse, etc…) realizou Almas Perversas (Scarlet Street) em 1945,  com o mesmo elenco de Um Retrato de Mulher (The Woman in the Window): o magistral Edward G. Robinson, secundado magnificamente por Dan Duryea e pela beleza estonteante da diva, Joan Bennett.

A história foi adaptada de A Cadela (La Chienne), um clássico francês dos anos 30 realizado por Jean Renoir. Na refilmagem, Lang fez um film noir hipnótico ao mostrar a obsessão amorosa de um homem de meia-idade (Edward G. Robinson) e de classe média por uma prostituta (Joan Bennett).

Scarlet Street - Wikipedia, la enciclopedia libreTendo como pano de fundo a Nova Iorque dos anos 40, a bela fotografia em p&b de Milton Krasner dá tons sombrios ao filme, enquanto a direção carrega deliberadamente nas tintas moralistas e sofredoras e nos indispensáveis clichês típicos da época para contar a história de um “pato” inteiramente enredado pela sedução de uma fria “femme fatale”.

Vítima do Código Hays, o filme foi bastante prejudicado na sua estreia, quando foi proibido em vários estados americanos, acusado de “imoral, indecente, corrupto e por incitar ao crime”. Como na maioria dos seus filmes americanos, o mestre do expressionismo alemão capricha no visual claustrofóbico, prendendo a atenção do espectador da primeira à última cena.

 

Clique AQUI para assistir ao filme no original em Inglês

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *