,

A CANOA E O APEGO

Nasrudin estava na margem de um rio e queria passar para o outro lado. A correnteza era muito forte e seria impossível atravessá-la a nado.

Resultado de imagem para A CANOA E O APEGOFoi quando Nasrudin viu uma pequena canoa abandonada na vegetação ribeirinha. Rapidamente, colocou o bote na água e pôs-se a remar para o outro lado. Com a ajuda da canoa, ele rapidamente atingiu a outra margem. Assim que botou os pés em terra firme, pegou a canoa, colocou-a nas costas e partiu em direção à floresta.

Algumas pessoas, que haviam observado toda a cena, ficaram muito espantadas com aquela atitude inesperada de Nasrudin e, indo até ele, lhe perguntaram:

— “Por que você colocou a canoa nas costas? De que ela lhe servirá agora que você já atravessou o rio?

Nasrudin, então já vermelho de fadiga, suado e cansado do esforço em carregar a embarcação nas costas, respondeu-lhes:

— Essa canoa me ajudou muito a atravessar o rio. Eu não posso abandoná-la. Espero que agora ela me ajude também a atravessar a floresta”.

 

 

==.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=.=

 

Será que às vezes nós não nos comportamos assim?

Acreditando que o que nos serviu para uma determinada situação ou época será a solução ideal para enfrentar o futuro. Ficando apegados ao passado, às vezes o transformamos em um pesado fardo em nossas vidas.

Resultado de imagem para A CANOA E O APEGO

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *