A Teosofia

“NÃO  HÁ  RELIGIÃO  SUPERIOR  À  VERDADE”

 

Resultado de imagem para pensamentos de blavatskySegundo Bruce Campbell, o surgimento da Teosofia foi a resposta ao profundo divórcio entre Ciência e Religião que grassava naquela época, quando o rápido progresso das ciências e da tecnologia desafiava os cânones religiosos tradicionais, dissolvia a fé em um Deus onipotente, descartava a necessidade da graça divina e a existência da vida após a morte, e deslocava o homem de seu antigo lugar privilegiado na obra da Criação, especialmente após a publicação do livro “A origem das espécies”, de Charles Darwin, e da popularização da teoria da seleção natural. Diante das evidências científicas, aparecendo cada vez em maior número e com maior substância, muitos que antes tinham fé a perderam, não encontrando mais conforto e orientação numa religião que havia se cristalizado em dogmas difíceis de aceitar para o pensamento racional que predominava e que não dava explicações satisfatórias para uma série de fenômenos e processos do mundo natural. Resultado de imagem para pensamentos de blavatskyPor outro lado, Peter Washington assinala que o fim do século XIX produziu uma grande massa de público semi-instruído que possuía alguma sofisticação intelectual e estava disposto a consumir as teorias teosóficas sem a possibilidade ou sequer o desejo de grandes questionamentos, num contexto cultural de autodidatismo, jornais e folhetins baratos, enciclopédias semanais, bibliotecas de clássicos populares, debates intelectuais amadores em sindicatos e institutos educacionais para a classe média, onde os idealistas desse segmento social se satisfaziam com doutrinas ecléticas e frouxamente organizadas. Essas doutrinas, fortemente coloridas por um emocionalismo tipicamente romântico, uniam uma mistura indistinta de ideias naturistas, feministas, homeopáticas, comunistas , filantrópicas e mais uma série de outras, a um deleite por fenômenos extraordinários, pelo misterioso e por tudo o que era exótico. Dentro desse panorama, proliferavam os gurus e mestres autodeclarados, as utopias sociais, as seitas sincréticas de apelo popular e os embusteiros espirituais de todos os tipos.

 

Emblema da Sociedade Teosófica, sincretizando diversos conceitos básicos da Teosofia, como os ciclos cósmicos, a eternidade da vida, e a polaridade Espírito-Matéria. O lema da Sociedade: Não há Religião superior à Verdade.

 

Resultado de imagem para pensamentos de blavatsky

 

Resultado de imagem para pensamentos de blavatskyNesse momento Blavatsky apareceu como a fundadora de uma escola de pensamento sintética, que buscava integrar as facções opostas e oferecia uma possibilidade de construir um novo senso de identidade e propósito para o ser humano dentro de um contexto novamente dignificado pela reafirmação de sua essência divina, abrindo-lhe perspectivas otimistas para seu futuro. É difícil distinguir sua contribuição especificamente pessoal em seus escritos, já que, como ela mesma se apresentou, foi apenas um instrumento para a divulgação no ocidente de uma doutrina conhecida no oriente há milênios e que havia existido também no ocidente, mas fora perdida. Assim, sua atuação pública se moldou em essência em conformidade ao caráter de um mensageiro, altamente inteligente, sim, mas nunca pretendeu ser um autor criativo, e sua originalidade reside antes na forma brilhante e erudita em que apresentou compreensivelmente para os ocidentais uma doutrina exótica, tendo com isso um papel de grande relevo na história recente da religião e da filosofia e no processo de aproximação entre oriente e ocidente. Cabe porém fazer uma menção a alguns conceitos básicos dessa doutrina que apareceram como uma novidade para os ocidentais, ou pelo menos não eram do conhecimento do grande público, e quando o eram, em sua opinião estavam desvirtuados ou obscurecidos pela influência do materialismo e da superstição.

Resultado de imagem para pensamentos de blavatskyDivulgou entre outras coisas a unidade de toda a vida, a existência de leis exatas que regem todo o universo, entre elas a do karma e do dharma – que enfatizam a responsabilidade do homem por seus atos – e a possibilidade do autoaperfeiçoamento pessoal baseado nessas leis e nas potencialidades espirituais latentes no homem, um ser essencialmente divino e imortal, através de um processo continuado e sempre ascendente ao longo de sucessivas reencarnações. A meta imediata e inescapável desse processo era a transformação do homem em um super-homem, sintetizado na figura do mestre de sabedoria ou mahatma, perfeito em todos os aspectos e em quem a personalidade transiente e egoísta foi completamente subjugada pela individualidade imortal e altruísta, possibilitando a expressão plena de seus poderes e capacidades espirituais. Deu detalhadas descrições da constituição interna do homem e seus vários corpos, e também declarou que existe uma hierarquia de seres divinos, a que chamou de Fraternidade, continuamente a velar pelo progresso da humanidade, da qual faziam parte seus mestres e na qual um dia todos iriam ingressar. Explicou a origem de todo o mal do mundo como um resultado direto da ignorância humana e não como uma predeterminação divina, nem como obra do acaso ou do Demônio, que disse não existir como entidade viva mas como fruto abstrato da mesma ignorância e da superstição; da mesma forma negou a realidade do Inferno como um local objetivo de punição eterna, descrevendo-o apenas como um estado mental e/ou emocional temporário de afastamento do bem, seja em vida ou após a morte. Traçou um panorama comparativo entre principais religiões, mitologias e filosofias do mundo, antigas e modernas, demonstrando sua unidade essencial e a identidade entre seus principais preceitos, dizendo que todas possuíam parcelas da verdade única, que haviam sido dadas aos diferentes povos por uma dinastia ininterrupta de instrutores exaltados desde a origem da humanidade sobre a Terra, adequando a doutrina às fases evolutivas e circunstâncias específicas em que cada sociedade se encontrava no curso da história. Ao estudo dessa verdade única e universal, considerada a fonte de todos credos particulares, deu o nome de teosofia, ou seja, o “conhecimento divino”. O lema da Sociedade Teosófica é, significativamente, Não há Religião superior à Verdade.

 

Resultado de imagem para não há religião superior à verdade

 

Resultado de imagem para pensamentos de blavatskyCombateu o dogmatismo irracional dos vários credos, especialmente do Cristianismo, e enfatizou a liberdade de pensamento, estimulando a livre pesquisa e o estudo autônomo e recomendando precauções contra a fé cega e o seguimento de líderes religiosos e crenças sem um escrutínio pelo pensamento critico, lógico e objetivo. Nesse sentido era favorável à pesquisa científica, que deveria em tese ser o instrumento privilegiado para a confirmação ou refutação dos ditames da fé tradicional, mas dizia que presentemente a Ciência ainda não estava capacitada para penetrar nos mistérios profundos na natureza. Para ela a palavra “sobrenatural” era desprovida de significado, pois como pensava não existe nada de milagroso mesmo nos fenômenos mais fantásticos do mundo psíquico ou espiritual, e o que existem são apenas leis naturais ainda não devidamente compreendidas. Por isso propunha seus escritos como hipóteses de estudo, e não como dogmas gravados na pedra, e ainda que ela acreditasse piamente no que pregava e na autoridade dos mestres que alegava seguir, dizia que o objetivo de todo estudo era o conhecimento da Verdade. Tampouco dos seus associados íntimos ou dos membros da Sociedade Teosófica exigia uma crença em sua doutrina, e a única coisa que proibia a todos era o dogmatismo em todos os campos do saber.

 

 

Resultado de imagem para pensamentos de blavatsky

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] Psíquicas de Londres. Voltou então para a Europa, onde continuou escrevendo e divulgando a Teosofia. Seus anos finais foram difíceis, estava frequentemente adoentada e envolvida em discussões […]

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *