William Ernest Henley: "I N V I C T U S"

    William Ernest Henley  (1849-1903),   foi um influente poeta e escritor inglês, da Era Vitoriana, cuja obra máxima é o belíssimo poema “INVICTUS” , que reproduzo abaixo, tornado famoso nos tempos modernos pelo…

MIA COUTO: “ PARA TI “

  Mia Couto, pseudônimo de António Emílio Leite Couto  (Beira - Moçambique, 1955), é um biólogo e escritor moçambicano. Mia Couto nasceu e foi escolarizado na Beira, cidade moçambicana. Adotou esse pseudônimo porque…

Ciro José Tavares: "DE SOMBRAS"

De  onde está vindo o silêncio desses passos despertando minha quietude debruçada na poesia?  Ergo-me para encontrá-los e somem enigmáticos. Quem anda tão doce sobre a terra e como o sol passa veloz pelas vidraças das…

Sandra Fonseca: "POESIA LÍQUIDA"

Meu verso Rompe veias, barreiras Rio sem freios Que me carrega Sangra num fio De água doce   Sangria louca Que não se estanca Palavra-lava Que se derrama Sem derradeiro Ponto final   Meu verso É vício Ferida, carne viva Renda…

THIAGO DE MELLO - "A Vida Verdadeira"

  Amadeu Thiago de Mello (Barreirinha, 1926) é um poeta brasileiro. Natural do Estado do Amazonas, é um dos poetas mais influentes e respeitados no país, reconhecido como um ícone da literatura regional.     Tem…

Walt Whitman: "O captain, my captain"

WALT    WHITMAN  (1819 – 1892)   foi   um  poeta, ensaísta e jornalista  norte-americano, considerado por muitos  como  o pai do verso livre.     A obra poética de Whitman centra-se na coletânea "Leaves…

Rainer Maria Rilke: "As Elegias de Duíno"

Rainer Maria Rilke (1875 - 1926)   RILKE     As duas elegias abaixo, a primeira e segunda do livro “Elegias de Duino” do poeta austro-húngaro Rainer Maria Rilke (1875-1926), tiveram uma curiosa gênese,…

"O Corvo" de Edgar Allan Poe

Mais conhecido por ser um dos escritores pioneiros da Literatura Policial e precursor juntamente com Júlio Verne da Ficção Científica e Fantástica, o americano Edgar Allan Poe (1809-1849) foi também romancista, crítico literário e poeta,…

Hilda Hilst (* 1930 - + 2004)

Leia as poesias e a biografia dessa brasileira genial e "marginal" ( no que concerne aos padrões estabelecidos, obviamente...) escutando sua alma-gêmea musical:  Cássia  Eller   “Sobrevivi à morte sucessiva das coisas do teu…

PAULO MONTEIRO: "Veleiros"

Veleiros foi a primeira poesia e o primeiro soneto que escrevi. Foi iniciada em 1970, em Lisboa (Portugal), mas concluída de fato em 1987, em Manaus (AM). Por tal motivo, tem um significado profundo para mim, assim como a música e as imagens…