Cults, Sensacionais ….. e Desconhecidos

Um dos principais objetivos a que me propus quando idealizei este espaço  musical/cultural, foi o de divulgar novos artistas em todas as áreas de atuação, dentro da Música Popular, que venham desenvolvendo uma carreira brilhante, ou tenham lançado um disco de inegável qualidade, mas ainda restritos ao conhecimento de alguns poucos; esta postagem, até mais do que todas as outras, procura honrar esse compromisso que me impus perante todos aqueles que porventura acessam ou vierem a acessar este blog.

 

Yael Naim – Yael Naim (Contemporary Folk/Easy Listening) A israelense Yael Naim, radicada em Paris, chamou o amigo percussionista e produtor musical David Donatien e juntos lançaram está pérola de bom gosto e apurada sensiblidade; Donatien convenceu Yael a gravar algumas músicas em hebraico, o que, em alguns momentos leva alguns ouvintes menos familiarizados com a língua a evocarem a diva das mornas e das coladeiras, Cesaria Evora. Comparações à parte, é um disco mágico, intimista e delicado no qual a instrumentação quase minimalista apenas acentua a beleza das composições e a suavidade de Yael. Imperdível para qualquer tribo….

 

 

The Durutti Column – “Sunlight to Blue… Blue to Blackness” (Lo-Fi/Sketches/Guitar) The Durutti Column, a.k.a. Viny Reilly, guitarrista e ocasional pianista, é um dos mais enigmáticos e classudos personagens musicais que transitam pelo universo Indie, New Age ou Avant-Garde com a mesma genialidade; em atividade desde 1978 e lançando discos pela famosissima Factory Records de Manchester, possui já uma extensa discografia, infelizmente muito distante do amplo reconhecimento popular que há muito merece; neste trabalho ele retorna às bases com um disco reflexivo, viajante e quase totalmente instrumental (à exceção de 2 ou 3 faixas e de uma nova versão para “Never Known”, uma das músicas que compoem o cultuado disco “LC” de 1981).

 

 

No Clear Mind – “Mets” (Low-Fi, Post-Rock, Art Rock) No Clear Mind são um trio grego formado em 2006 por 03 multinstrumentalistas, Vasilis Dokakis, Lefteris Volanis and Kostas Rovlias. Já lançaram 03 discos, todos extremamente melódicos e belíssimos. Vale a pena conhecer esse trio que vem do berço da civilização ocidental.
0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *