,

Estilos de Jazz – O Swing

Quando o Jazz foi se popularizando e se expandindo por novas localidades foi agregando novos ritmos, novas culturas, outras músicas. A cada tempo surgiam novos estilos de Jazz e muitos deles até hoje são consagrados. O New Orleans Jazz, cidade onde surgiu o estilo musical é conhecido como o primeiro estilo. Conheça alguns outros estilos de jazz mais famosos:

 

O Swing

 

 

O jazz jamais conquistou tamanha popularidade quanto na época do Swing. Entre 1935 e 1946, o estilo ganhou status de música pop e alcançou todo o país com as “big bands” e o ritmo dançante das composições.

Há a necessidade, antes de tudo, de se fazer distinção entre swing e Swing. O primeiro termo refere-se a uma característica intrínseca do jazz, independente de estilo ou época. Já o segundo, define o estilo predominante entre 1935 e 1946, assunto deste post.

Resultado de imagem para as big bandsAs “big bands” tornaram-se símbolo desse estilo que levava os jovens aos salões de dança. Mesmo já sendo possível escutar as primeiras “big bands” na década de 20, é com a apresentação da big band de Benny Goodman na Palomar Ballroom — em Los Angeles, 21 de agosto de 1935 — , que a Era do Swing foi iniciada. “Era um público que dançava. É por isso que eles gostavam”, teria dito Benny ao tentar explicar a razão do sucesso.

Segundo o historiador Eric Hobsbawm, antes da década de 1920, “as inovações instrumentais e orquestrais, e o próprio swing, estavam ainda muito pouco elaborados, e depois disso veio a Depressão”, que praticamente exilou o jazz autêntico dos EUA. O país foi reconquistado a partir de 1930 com o crescimento do Swing. “Na verdade, a música pop adotou, quase que totalmente, as técnicas e os arranjos instrumentais elaborados pelos músicos negros e, especialmente, pelas big bands negras, nos anos 1920. (…) O apelo do swing alcançava quase que exclusivamente os adolescentes”.

“O estilo Swing surgiu do encontro do estilo Chicago com os músicos de Nova Orleans, os quais, nessa época, empreenderam o segundo êxodo da história do jazz — de Chicago para Nova York.”

 O Swing é muito tocado até hoje, conta com arranjos perfeitos e sua característica principal é a presença de orquestras que fazem o grande diferencial nas apresentações ou na música. Um estilo que estima a perfeição técnica.

 

Resultado de imagem para as big bands

 

O nome swing veio do ‘swing feel’, onde a ênfase está no pulso fora da batida ou mais fraco da música. Bandas de swing geralmente apresentavam solistas que improvisavam na melodia sobre o arranjo. O estilo de swing dançante das Big Bands e bandleaders como Benny Goodman foi a forma dominante de música popular americana de 1935 a 1946, um período conhecido como “A era do swing”. O verbo “swing” também é usado como um termo de elogio para tocar que tem um forte groove ou drive.

Os ​​músicos notáveis da era do swing incluem Louis ArmstrongLouis Prima, Larry ClintonDuke EllingtonCount Basie, Benny GoodmanArtie ShawGlenn  MillerWoody HermanTommy DorseyJimmy DorseyHarry JamesLouis Jordan e Cab Calloway.

O swing usa instrumentos regulares no jazz, como uma seção rítmica formada por piano, contrabaixo e bateria; metais como trompetes e trombones; madeiras, como saxofones e clarinetes; e muito ocasionalmente, instrumentos de cordas como violino ou violão.

Resultado de imagem para as big bands

Duas características marcantes desse período foram o desenvolvimento dos riffs (frases marcantes tocadas repetidamente), presentes principalmente nos arranjos de Count Basie, e o surgimento massivo de grandes solistas. Para Berendt e Huesmann, as formações de big bands anteriores restringiam a espontaneidade e a criatividade dos solistas, ao passo que permaneciam presos à execução melódica. “Parece contraditório (mas não é) que em meio a esse processo de formação da big band nos anos 1930 também o solista cresça em importância e significado. O jazz sempre foi simultaneamente coletivo e individual”.

 

 

Resultado de imagem para as big bands

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *