A NOVA ORDEM MUNDIAL

 

Um complexo aglomerado de Velhos Figurantes (afinal, que saibamos, não existem alienígenas nesse barco chamado Gaia; que saibamos, não adentraram neste planeta azul novos ocupantes, sorrateiramente: são os mesmos com capas diferentes e muito mais dissimulados), com uma estrutura multifacetada de lideranças em todos os continentes (inclusive na América), poderosíssimos e capitalizados, mas permanentemente nas sombras, querendo um realinhamento de Poder e de tudo (literalmente tudo) capazes para atingir seus objetivos.

E o objetivo fundamental é claro e basicamente um: destruir o sistema vigente do capitalismo ocidental e todos os  valores a ele agregados, inclusive Culturais, Familiares e o próprio conceito de nação existente atualmente, para reconstruir um Novo Mundo (uma alusão irônica, invertida e deturpada da que foi dada, quinhentos anos atrás, à Descoberta do Continente Americano e do que isso posteriormente representou para o Velho Mundo Europeu ) sobre as ruínas do que sobrar. Obviamente, sob a liderança totalitária deles. Basicamente o velho e repaginado Jogo de Poder e Dominação que se pratica desde os primórdios dos tempos, quando o ser humano foi alijado do “Éden” terreno, cresceu e se multiplicou em múltiplas individualidades, raças, povos e em diferentes locais do planeta e, para complicar, foi construída uma Torre de Babel bíblica. São prováveis fatos alegóricos citados na Bíblia, mas que de fato representam com uma clareza extraordinária a evolução da Humanidade.

E, nesse jogo repaginado, imensamente complexo e sofisticado – mas com os mesmo e surrados objetivos, enfatize-se, mais uma vez – eles se utilizam de algumas Plataformas eventualmente aliadas, algumas de forma consciente, outras talvez não. É difícil precisar quais são de fato aliadas ou quais são apenas usadas, mas isso é irrelevante, pois o que importa é que sirvam aos objetivos deles, na etapa e no momento em que forem necessários e se prestem à execução do Plano deles: Socialismo/Marxismo e seus apêndices (Democratas nos Estados Unidos, Social-Democracia Fabiana na Europa, Bolivarianistas na América Latina – repetindo mais uma vez: consciente ou inconscientemente, não importa) com todo o aparato de Táticas Gramscianas apropriadas do Comunismo “velho de guerra”  são os ingredientes desse coquetel malévolo. Aliás, a inspiração gramsciana é mais do que evidente e certamente um elemento comum a todas essas táticas.

Armas: basicamente o “Esquerdismo“, O Globalismo, a Ideologia de Gêneros (com todas as suas subversões: Feminismo, Gayzismo Radical, etc…), o Politicamente Correto, o Relativismo, o Desarmamentismo, os Movimentos Migratórios Caóticos, o Humanitarismo desfocado. Enfim, tudo aquilo que possa instaurar o CAOS.

Para tal (instaurar o CAOS), eles precisam subverter todos os valores, e, após isso, quando não houver mais resistência, transformar as massas em rebanho inofensivo e inócuo sob o comando ditatorial deles.

Mas, atenção, esse é o grande engodo, um verdadeiro truque de prestidigitação: eles não são necessariamente Marxistas, na essência clássica teórica da acepção. Isso é um conceito obsoleto e ultrapassado. Na verdade, a cabeça monstruosa desse Monstro revelará poderosíssimos interesses de entidades e organizações globalistas e capitalistas, até (inclusive no Brasil). O próprio Esquerdismo é apenas e tão somente mais um adjetivo que os representa e que somente por simplificação semântica poderia ser usado para nomeá-los, pois caracteriza e engloba todas as armas das quais se utilizam. Como não são Gays, nem Feministas, nem Democratas. Apenas se utilizam das vulnerabilidades de cada país, região ou grupo social e se “aliam” às pretensões – e ao romantismo idealista – desses grupos usando tais armas (o apoio inicial dessas pessoas) para atingirem o que de fato pretendem: O PODER!

Você duvida?

Então, observe o que se passa em todo o Mundo Ocidental. O PT e o Brasil, o próprio Movimento Bolivarianista: todos são apenas parte da Movimentação dessas Forças monstruosas. Por que é que o Mundo da forma que o conhecemos está sendo deliberadamente colocado de pernas pro ar? Reflita. Existe uma sincronicidade, provas contundentes de interferência inteligente e articulada (terrena e extraterrena, eu diria, mas, quanto às segundas interferências, isso compete às crenças de cada um) com um sentido comum ligando todos esses eventos.

É tudo coincidência? Paranóia? Teoria de Conspiração? Então tá. Continue acreditando nos truques de mágica que eles vendem para lhe anestesiar e iludir, ou enfiando a cabeça de avestruz na areia para não querer enxergar. Eles continuarão avançando e atuando, apesar da sua descrença ou do seu ceticismo. Ou, melhor dizendo, graças a eles!

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *