,

O JAZZ

O Jazz é um estilo musical e uma expressão artística que surgiu nos Estados Unidos, entre o final do século XIX e início do século XX.

Uma manifestação musical que se originou principalmente de um legado religioso afro-americano, que influenciou diretamente na cultura do país.
Não se sabe ao certo a origem da palavra jazz, mas era uma gíria usada entre os norte-americanos antes mesmo do surgimento da manifestação artística.

 

 

A história do estilo musical começa desde a época da escravidão negra nos Estados Unidos. Naquela época, os escravos festejavam diversas cerimônias com seus cantos e tambores. Alguns desses festejos eram religiosos.

Quando o tráfico de escravos começou, vieram muitos africanos do oeste da África, que trouxeram suas fortes manifestações culturais.

Os africanos tinham muitas tradições ao som de tambores, tradições tribais e religiosas.
Na época da escravatura a maioria dos donos dos escravos incentivavam os negros a cantarem e dançarem, pois achavam que essa atividade os deixava mais animados e em forma, mas é claro que nem todos os donos gostavam dessa manifestação cultura, principalmente por causa do uso do tambor.

O jazz é um encontro de ritmos e tradições. Com a manifestação musical dos africanos e a influência da música europeia, foram surgindo alguns estilos musicais que deram origem ao jazz: o ragtime, blues e spirituals.

O Spiritual era uma música de manifestação essencialmente religiosa, de natureza sobretudo vocal que se perpetuava oralmente.
O Jazz então foi formado pela junção de diversos elementos do Ragtime, Spiritual e Blues.

Resultado de imagem para o jazzNew Orleans é a cidade que viu o Jazz surgir. Uma cidade do estado de Louisiana que habitava negros africanos, americanos, brancos, asiáticos e outros. Uma mistura perfeita para ver o surgimento de uma manifestação artística como o Jazz.

Você talvez nem  imaginasse, mas o novo estilo musical surgia nos bordéis da cidade de New Orleans, especificamente no bairro de Storyville, anos em que a prostituição não era considerada ilícita – 1897 a 1917.
Os ritmos que formavam o novo estilo musical eram ouvidos nos pequenos bares de Storyvilles, os “honk tonks”, como eram chamados e viram o novo estilo musical se formar, sendo palco para uma nova expressão artística.

Em New Orleans o Jazz se formou e se expandiu e o que contribuiu muito para isso foi justamente a sua essência livre. Mas algumas cidades do sul também foram importantes contribuições para a formação e expansão do jazz, tais como Baltimore, Memphis, St Louis e outras.

Com o passar do tempo a popularização do Jazz foi inevitável, a partir do início do século XX surgiam as primeiras bandas que tinham uma formação composta de trombone, contrabaixo, piano, corneta, clarineta.

Uma banda em particular foi a responsável por propagar a nomenclatura “jazz” e tornar o estilo mais conhecido, essa banda era a “Original Dixieland Jass Band”.

A partir dos anos de 1910 os brancos ouviam e tocavam jazz, mas somente a partir de 1920 é que essa manifestação artística passou a fazer parte da cultura branca.

Uma dos grandes motivos para a popularização do jazz foi quando os americanos brancos passaram a se interessar por shows, teatro e cinema. Isso aconteceu logo após a Primeira Guerra Mundial. Nesse cenário, ouve uma forte emigração dos negros para grandes cidades, como Nova Iorque e isso difundiu o Jazz mais do que nunca.

A popularização do Jazz, a partir de 1920 alcançou patamares internacionais. As orquestras viajam por aqui pela América do Sul e pela Europa e a música passa a ser conhecida mundialmente.

A partir dos anos 20, com a indústria de discos se desenvolvendo cada vez mais, essa manifestação artística não parou de crescer e hoje é um dos estilos mais consagrados da história, com diversas expressões, artistas renomados e muitos seguidores.

 

Resultado de imagem para o jazz

 

As maiores Músicas do jazz

Agora é hora de você apreciar as músicas consideradas as melhores do movimento artístico. Em uma pesquisa que considerou 10 mil participações, de pessoas do mundo todo, os sites Jazz24 e NPR Música elegeram as 15 melhores canções de Jazz de todos os tempos. Você pode ouvir a todas clicando aqui. A lista das canções:

Take Five   –    Dave Brubeck (1920 — 2012)
So What   –   Miles Davis (1926 — 1991)
Take The A Train    –     Duke Ellington (1899 — 1974)
Round Midnight   –    Thelonious Monk (1917 — 1982)
My Favorite Things   –    John Coltrane (1926 — 1967)
Acknowledgement   –    John Coltrane (1926 — 1967)
All Blues   –    Miles Davis (1926 — 1991)
Birdland   –    Weather Report (1970 — 2006)
The Girl From Ipanema   –    Stan Getz & Astrud Gilberto (1927 — 1991) (1940 —)
Sing, Sing, Sing   –    Benny Goodman (1909 — 1986)
Strange Fruit   –    Billie Holiday (1915 — 1959)
A Night in Tunisia   –    Dizzy Gillespie (1917 — 1993)
Giant Steps    –    John Coltrane (1926 — 1967)
Blue Rondo a la Turk   –    Dave Brubeck (1920 — 2012)
Goodbye Pork Pie Hat    –    Charles Mingus (1922 — 1979)

 

Leia a íntegra deste texto na Uppermag

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *