Retalhos a Granel de Paulo Monteiro, Parte 16: “ODE À LAVA JATO (Parte 2)”

É com muito orgulho que informo que com o artigo de ontem, “A resistência ao pacote anticrime de Sergio Moro”, completei  15 edições da série RETALHOS A GRANEL DE PAULO MONTEIRO, uma série iniciada em 11 de abril de 2017 e que está inteiramente disponibilizada para leitura no meu site, Cults & Raridades, clicando nas seções de Política/Atualidades. Este que agora publico, será, portanto, o 16° dessa série.

Essa série de artigos teve e tem a finalidade explícita de expressar apoio irrestrito ao luminoso e bem aventurado trabalho da LAVA JATO. Não é por outro motivo que a foto que os identifica leva sempre com  título “Operação Lava Rato”. Imagino que todos neste país já tenham noção do “porquê” da alteração de uma consoante no título.

Pela quantidade de artigos escritos em que abordo tal tema, dá para perceber o meu engajamento pessoal na causa encabeçada pelo Dr. Sergio Moro e sua equipe. Pela longa duração de tempo em que os venho escrevendo dá para sentir a dificuldade que tem sido levar esta causa, também, ao maior número possível de pessoas, brasileiros como eu, que acreditaram e acreditam nos objetivos e nas propostas da Lava Jato. Desnecessário será, portanto, realçar a importância da Lava Jato e o fervor com que cada um de nós, brasileiros que lutam por um Brasil com menos CRIME, com menos CORRUPÇÃO devem – ou pelo menos deveriam – apoiá-la e defendê-la. Sim, eu repito: MENOS, por que pretender imaginar que em algum lugar deste planeta teremos ausência de crimes e de corrupção é uma utopia e uma fuga da realidade. “Imagine” é lindo, mas tem hora e contexto próprio para ser escutado. Se você ainda não entendeu isso, até agora, não será reprisando “ad infinitum” a obviedade e a necessidade de tal procedimento que irá modificar o panorama árduo e terrivelmente ingrato que significa lutar pela Lava Jato no Brasil.

Por que, caso alguém ainda não tenha percebido:

NÓS ESTAMOS EM GUERRA! UMA GUERRA CONTRA O CRIME E A CORRUPÇÃO!

Uma guerra que hoje se inicia pelas ideias, para evitar que cheguemos às terríveis consequências de uma guerra tradicional. Não se iluda: se não nos dispusermos a enfrentar AGORA essa guerra de ideias pela Luz, pela Ordem, pelo Correto, sofreremos inapelavelmente as consequências de nosso descaso e omissão – como bem exemplificam os exemplos de países bem próximos a nós – pois as Sombras, o Caos e o Incorreto estão aí bem vivos e atuantes (só não enxerga quem não quer) para tentar nos impor seu domínio.

E, CONVENHAMOS, A LAVA JATO É UMA CAUSA SENSACIONAL NESSA GUERRA DE IDEIAS!

Por que a Lava Jato não combate as crenças de ninguém! Suas crenças são suas, e desde que elas não prejudiquem e interfiram no bem estar coletivo, só a você pertencem. A Lava Jato combate o Crime, a Corrupção, o Incorreto, o Caos! Essa é a bandeira dela. É a minha também.

Por isso, mais uma vez, peço a sua ajuda para que a bandeira da Ordem e da Luz seja a sua bandeira, também. Estamos em guerra, como falei e repito. Não permita que obstáculos pessoais – o medo, a timidez, razões familiares, enfim, seja o que for, nada justifica a omissão e o descaso numa causa dessas; todas as suas razões pessoais se apequenam perante a grandeza desta causa – o impeçam de vir colaborar e trazer seu apoio explícito à bandeira da Lava Jato, pois seu apoio é vital e importantíssimo para o país.

Eu diria até que lutar contra a corrupção e o crime seria uma obrigação e um dever de quem ainda pretende se afirmar como brasileiro.  De quem jura amar seu país. Nada, nem sequer uma pretensa neutralidade, justifica não aderir a tal nobre causa!

De que forma? Simples. Manifeste publicamente seu apoio e divulgue ao máximo todas as ações positivas da Lava Jato. Engaje-se ativamente nessa corrente, compartilhando as ações e as informações da Lava Jato e de quem a apoia, na luta contra o Crime e a Corrupção. O trabalho por eles desenvolvido em prol ao nosso país ao longo desses anos, além do respeito devido, por si só avaliza e justifica com sobras o seu apoio.

Por outro lado, evite divulgar desnecessariamente as ações das forças contrárias a ela. Algumas condenações aos atos e procedimentos de forças contrárias são necessárias por serem informativas. Mas, a maioria das divulgações negativas é apenas redundante, desnecessária e, pela obviedade, muitas dessas postagens só contribuem para divulgar e dar sustentação ao time da Sombra.

Outra coisa importantíssima: evite pensamentos, preferências e opiniões pessoais divergentes, que só atrapalham e criam mais obstáculos. Lembre-se que eles, os líderes da Lava Jato já têm suficientes obstáculos e adversários poderosos e muito mais disciplinados e treinados a combater e a egolatria em limites toleráveis pode ser necessária na sobrevivência do dia a dia, mas costuma ser uma péssima aliada numa guerra.

É UMA GUERRA, E NUMA GUERRA SIGA O LÍDER!

BRASIL ACIMA DE TUDO E DEUS ACIMA DE TODOS!

 

Resultado de imagem para sergio moro

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *