,

SOBRE A MENTIRA – Artigo de Adilson Maestri

Descobri, não sei se tarde ou em tempo, que as pessoas mentem!

 

Resultado de imagem para sobre a mentira

 

Pensava eu que as pessoas mentiam às vezes, mas descobri que elas mentem normalmente, cotidianamente. Mentem para si e para os outros.

Pensava eu que seria capaz de perceber quando alguém mentisse para mim, mas descobri que há pessoas que não têm compromisso com a realidade; vivem num mundo completamente diverso daquele que apregoam como sendo o seu mundo.

Aprendi que uma coisa é o que as pessoas dizem de si e outra bem distinta é o que percebo observando as suas atitudes. Mas elas pensam que o mundo crê no que elas dizem; que todos à sua volta veem o mundo que elas pintam, com suas cores e sua fantasia.

E vendo o comportamento dos outros, infiro que o meu não deva ser diferente.

Mas o que mais me tocou, foi perceber que mesmo as pessoas com quem privamos de intimidade, que juramos que conhecemos profundamente, não são, na realidade, o que acreditamos ser. Elas são quem são.

Mas porque todos dizem que são outras pessoas? Do que têm medo? O que querem esconder? Elas têm medo do julgamento, por se sentirem inferiores aos outros?

Resultado de imagem para sobre a mentiraCreio que acreditam que precisamos ser perfeitos. Não se dão conta que fomos criados por Deus e por consequência – o que quer que sejamos – já somos perfeitos, pois não há como conceber que Deus criaria algo ou alguém imperfeito.

Cada vez mais conhecemos o Universo Material e tudo o que vemos é perfeito, tudo obedece às Leis que regem o Universo.

Por que não conseguimos ver essa perfeição em nós mesmos?

Acreditamos que só exista um modelo de Ser Humano, uma só maneira de ser humano? A diversidade das formas e saberes está contida na perfeição.

Precisamos saber que somos apenas parte do Todo. Cada qual fazendo a sua parte. Não podemos ser, todos, roda num automóvel; podemos ser roda, mas também podem ser banco, direção, lataria, motor, vidro, o que quer que seja, que tamanho tenha essa peça, seremos sempre indispensáveis. Nossa contribuição é única e indispensável.

Resultado de imagem para sobre a mentiraQuando pararmos de nos comparar com os outros, não precisaremos mais mentir que somos iguais. Nós não somos iguais, não precisamos ser iguais, precisamos ser quem somos e nada mais.

O mundo reconhece quem somos e nos deseja como somos, porque precisa de nossa contribuição, do nosso talento, das nossas virtudes. E também precisa do nosso lado sombra – das nossas inquietações – pois esse lado desconhecido vai sempre nos impulsionar para o aperfeiçoamento de quem somos.

Portanto, vamos parar de fingir que somos outra pessoa e assumir quem verdadeiramente somos e assim dar nossa contribuição para uma convivência mais harmônica e pacífica.

 

 

Foto do perfil de Adilson Maestri, A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, óculos de sol, chapéu e close-upAdilson Maestri

0 respostas

Deixe uma resposta

-
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *