Uma Sexta-Feira Santa a todos, são os desejos do Cults & Raridades

 

 

Do fato de que Jesus deve ter conhecido a seita dos Essênios, seria errado concluir que dela hauriu sua doutrina, e que, se tivesse vivido em outro meio, teria professado outros princípios. As grandes ideias não surgem nunca subitamente; as que têm por base a verdade, têm sempre seus precursores que lhes preparam parcialmente os caminhos; depois, quando os tempos são chegados, Deus envia um homem com a missão de resumir, coordenar e completar esses elementos esparsos, e formar-lhes um corpo; deste modo, a ideia não chegando bruscamente, encontra Espíritos plenamente dispostos a aceita-la. Assim ocorreu com a ideia cristã, que foi pressentida vários séculos antes de Jesus e dos Essênios, e da qual Sócrates e Platão foram os principais precursores.

Sócrates, da mesma forma que o Cristo, nada escreveu, ou pelo menos não deixou nenhum escrito; como ele morreu a morte dos criminosos, vítima do fanatismo, por ter atacado as crenças tradicionais e colocado a virtude real acima da hipocrisia e do simulacro das formas, numa palavra, por ter combatido os preconceitos religiosos. Como Jesus, foi acusado pelos Fariseus de corromper o povo pelos seus ensinamentos, também, como ele, foi acusado pelos Fariseus do seu tempo, porque os houve em todas as épocas, de corromper a juventude, proclamando o dogma da unicidade de Deus, da imortalidade da alma e da vida futura. Da mesma forma, ainda que não conhecemos a doutrina de Jesus, senão pelos escritos dos seus discípulos, não conhecemos a de Sócrates, senão pelos escritos do seu discípulo Platão. Cremos útil resumir aqui os seus pontos principais para mostrar sua concordância com os princípios do Cristianismo.

Àqueles que considerassem esse paralelo como uma profanação e pretendessem que não poderia haver paridade entre a doutrina de um pagão e a do Cristo, responderemos que a doutrina de Sócrates não era pagã, uma vez que tinha por objetivo combater o paganismo; que a doutrina de Jesus, mais completa e depurada que a de Sócrates, nada tem a perder com a comparação; que a grandeza da missão divina do Cristo, com isso não seria diminuída; que, aliás, está na História, que não pode ser abafada. O homem atingiu um ponto em que a luz irradia por si mesma, de sob o alqueire; ele está maduro para encará-la; tanto pior para aqueles que não ousam abrir os olhos. O tempo é chegado de examinar as coisas amplamente e do alto, e não mais pelo ponto de vista mesquinho dos interesses de seitas e de castas.

Estas citações provarão, por outro lado, que, se Sócrates e Platão pressentiram a ideia cristã, encontram-se igualmente em suas doutrinas os princípios fundamentais do Espiritismo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *