Posts

A VERDADE DIVIDIDA (Poesia de Carlos Drummond de Andrade)

  A  VERDADE  DIVIDIDA       A porta da verdade estava aberta mas só deixava passar meia pessoa de cada vez. Assim não era possível atingir toda a verdade, porque a meia pessoa que entrava só…

Poesia de Carlos Drummond de Andrade: "A MÁQUINA DO MUNDO"

E como eu palmilhasse vagamente uma estrada de Minas, pedregosa, e no fecho da tarde um sino rouco se misturasse ao som de meus sapatos que era pausado e seco; e aves pairassem no céu de chumbo, e suas formas pretas lentamente…

06 Poesias Favoritas

  "TABACARIA"    de    Fernando   Pessoa do  livro  "Poesias  de  Álvaro  de  Campos"       "Song  of  Myself"   de   Walt  Whitman Do livro  "Folhas  de  Relva (Leaves of…